25
Set 07
Fala-se tanto na Escola Segura, mas sinceramente acho que não passa do papel, porque a escola já começou há mais de uma semana e só no primeiro dia é que vi um policia ao pé da escola da Gabriela!!


Excerto do site: http://www.gov-civil-beja.pt/25noticias_detalhes.jsp?cod=90

Proximidade... Escola Segura

Todas as crianças têm direito de crescer em segurança, num clima de tranquilidade, sem medos nem receios.

É obrigação de todos nós tornar esse direito uma realidade.

A segurança dos seus filhos é uma prioridade para a Polícia de Segurança Pública.

O desenvolvimento da actividade policial tão perto quanto possível das populações, a visibilidade das Forças de Segurança e a sua efectiva capacidade para resolver os problemas concretos dos cidadãos corresponde ao que hoje se designa por Policiamento de Proximidade.

Neste âmbito, o Programa Escola Segura contribui para criar as condições de segurança que as crianças merecem - no caminho para a escola, no seu interior, nas suas imediações, onde quer que se encontrem. Para que se sintam apoiadas e protegidas.

Não é essa a tranquilidade que deseja?
Informe-se junto das forças policiais e da escola como pode colaborar neste programa.
 
Para que os seus filhos se lembrem amanhã que cresceram hoje em liberdade e segurança.

O que é?

O Programa Escola Segura é uma iniciativa conjunta do Ministério da Administração Interna e do Ministério da Educação que visa:

  • Garantir as condições de segurança da população escolar
  • Promover comportamentos de segurança escolar

Através de:

  • Vigilância das escolas e das áreas envolventes
  • Policiamento dos percursos habituais de acesso às escolas
  • Acções de sensibilização junto dos alunos para as questões da segurança

Como Funciona? 

O Programa Escola Segura é assegurado por agentes policias devidamente treinados e preparados para este tipo de acção, bem como por viaturas exclusivamente dedicadas à vigilância e protecção da população escolar. 

De fácil identificação pela sua cor e imagem exterior, cada veículo tem sob a sua responsabilidade um conjunto de estabelecimentos de ensino e está equipado com telemóvel e uma mala de primeiros socorros. 

As escolas abrangidas pelo Programa Escola Segura beneficiam assim de uma vigilância reforçada e de uma relação directa com os agentes policias responsáveis pelo seu policiamento. 

Esta vigilância é assegurada através do patrulhamento em horários e percursos definidos de acordo com as necessidades específicas de cada Escola. 

A PSP desenvolve ainda, no âmbito do Programa Escola Segura, acções especiais de contacto e esclarecimento junto dos jovens, visando promover comportamentos de segurança. 

A Segurança começa em cada um de nós  A segurança é responsabilidade de todos. Também sua! Participe na segurança dos seus filhos.

Conheça:

  • O seu horário escolar
  • Os percursos que utiliza de ida e volta para a escola
  • Os nomes e contactos dos colegas e amigos mais próximos
  • Os locais onde costuma brincar

Ajude a PSP a desenvolverem trabalho de prevenção da segurança. 

O seu Filho está em segurança:

  • Não aceitando boleias de desconhecidos
  • Não mostrando que traz dinheiro ou outros valores
  • Não aceitando Guloseimas, dinheiro ou outras ofertas de desconhecidos
  • Não alterando os percursos de ida e volta para casa
  • Não brincando em zonas desertas ou com pouco movimento
  • Deslocando-se um grupo sempre que possível
  • Informando os pais sobre qualquer contacto ou acontecimento estranho
  • Pedindo ajuda de imediato em caso de necessidade
  • Procurando conhecer o agente policial da sua zona e falando com ele

Ensine os seus filhos a adoptar comportamentos que os protejam.

 

publicado por SoniaGuerreiro às 10:44

Queria só deixar aqui esta questão!!!!!

Troca de seringas nas prisões!!! Mas como?? Quem lhes dá a dose para se injectarem? O estado ou as visitas???
publicado por SoniaGuerreiro às 10:40

A minha sobrinha linda hoje faz onze meses!
Espero que para o mês que vem, quando ela fizer um aninho haja festa de arromba! Tenho saudades duma festinha!!!
publicado por SoniaGuerreiro às 10:18
tags:

24
Set 07
>>Numa farmácia, um estudante de Propaganda e Marketing faz perguntas aos
clientes para uma pesquisa de mercado:

>>- Por favor, minha senhora, estou a fazer uma pesquisa sobre o produto
"Deslizafácil", para determinar os usos da vaselina no lar.

>>Pode dizer-me como usa a vaselina?

>>Sem se fazer de rogada, a mulher responde:
>>- Concerteza! Em casa, usamos a vaselina para machucados, pele seca,
assaduras e quando fazemos amor.
>>Pergunta o rapaz:
>>- É a primeira vez que ouço a respeito do uso da vaselina para fazer amor.

>>Pode dar-me mais detalhes?
>>De novo a mulher sem evasivas:
>>- Eu costumo pôr na maçaneta da porta do quarto.
>>- Na maçaneta da porta?!?!
>>- É, as mãos escorregam e isso impede que as crianças entrem!!!

>>Aprendeu?!?!
>>
>>Mente perversa!
publicado por SoniaGuerreiro às 09:45
tags:

1. Por que é que a laranja se chama laranja e limão não se chama verde?

2. Por que é que lojas abertas 24 horas possuem fechadura?

3. Por que é que quem trabalha no mar se chama marujo? Então quem trabalha
no ar deveria ser Araújo, não?

4. Por que é que "separado" se escreve tudo junto e "tudo junto" se escreve
separado?

5. Por que é que os kamikazes usavam capacete?

6. Por que é que se deve usar uma agulha esterilizada para dar a injecção
letal a um condenado à morte?

8. Para que serve o bolso dos pijamas?

9. Por que é que os aviões não são fabricados com o mesmo material usado nas
suas caixas negras?

10. ADÃO TINHA UMBIGO???????

11. Por que é que o Pato Donald depois do banho sai com uma toalha enrolada
à cintura, se ele não usa calças nos desenhos?

12. Se o super-homem é tão inteligente, por que é que usa as cuecas por fora
das calças?

13. O Pluto e o Pateta são os dois cães, não são? Por que é que o Pateta
fala e o Pluto não?

14. Por que é que existem pessoas que acordam os outros para perguntar se
estavam a dormir?

15. Por que é que os Flintstones comemoravam o Natal se eles viviam numa
época antes de Cristo?

16. Por que é que os filmes de batalhas espaciais têm explosões tão
barulhentas se o som não se propaga no vácuo?

17. Por que é que aquele filme c/ Kevin Costner se chama "Dança com Lobos"
se só aparece um único lobo durante toda a história?

18. Se o vinho é líquido, como pode ser seco?

19. Como se escreve zero em numeração romana?

20. Por que é que as pessoas apertam o comando da televisão com mais força,
quando a pilha está fraca?

21. O instituto que emite os certificados de qualidade tem qualidade
certificada por quem?

22. Por que é que quando você pára no sinal vermelho, há sempre alguém no
carro do lado com o dedo no nariz?

23. Se depois do banho estamos limpos, por que é que lavamos a toalha?

24. Como foi que a placa "É Proibido Pisar A Relva" foi colocada lá?

E por último, mas não menos importante...
25. SE OS HOMENS SÃO TODOS IGUAIS, POR QUE É QUE AS MULHERES ESCOLHEM
TANTO?!?
publicado por SoniaGuerreiro às 09:40

22
Set 07

Encontrei uma pessoa que me confessou que a sua família, uma vez por semana, passa uma noite à luz da vela. Tudo começou num dia em que a electricidade faltou. Nessa noite não houve televisão, nem rádio, nem computador. Pais e filhos ficaram juntos em redor de uma vela acesa. O serão foi divertidíssimo, conversou-se, contaram-se histórias e o tempo passou serenamente. A experiência agradou e, a família, a partir desse dia decidiu passar uma vez por semana, a noite à luz da vela.

Actualmente, durante o dia, se retiramos o tempo de sono, as famílias dispõem pouco mais de três a quatro horas para estarem juntas. Habitualmente o (des)encontro tem início ao jantar. As refeições são feitas de televisão ligada para se ver as notícias. Este momento de partilha, por excelência, é assim desperdiçado: a televisão intromete-se, como se de um muro se tratasse. A seguir ao jantar, enquanto os mais novos se isolam no quarto a ouvir musica, a jogar no computador ou a navegar na Internet, os pais continuam hipnotizados pelo televisor, distraindo-se com a novela ou com o reality show do momento. O tempo passa e, sem darem conta, as quatro horas foram consumidas num ápice. No outro dia, a rotina repete-se.

Para existir intimidade entre as pessoas é indispensável que haja partilha. É importante revelar os pequenos acontecimentos que ocorreram durante o dia. Os momentos bons, os maus, as dúvidas, os desejos, as frustrações, enfim., é preciso partilhar. De que outra forma é que nos podemos conhecer uns aos outros? Se perdermos este hábito como é que os pais podem acompanhar o que se passa com os filhos? E o casal, como é que pode ter intimidade se não existir diálogo?

Nos dias de hoje não se discutem em casa os vários assuntos da actualidade; assistimos na televisão aos debates que os outros fazem por nós. As crianças têm cada vez menos espaço para a imaginação. Não brincam aos polícias e ladrões, ou aos príncipes e princesas, preferem jogar em frente a um ecrã um jogo que alguém imaginou para eles. Os adolescentes não procuram pedir aos pais opiniões e conselhos, em vez disso pesquisam na Internet. Acaba por ser mais cómodo para os pais, porque assim, pelo menos não os aborrecem com perguntas difíceis.

Se reflectirmos um pouco, percebemos que vivemos numa sociedade de consumo que procura a todo o custo apoderar-se do nosso tempo livre e captar a nossa atenção, apenas com um objectivo: obrigar-nos a consumir. É assustador o número cada vez maior de horas que os adultos, jovens e até as crianças passam por dia a ver televisão e em frente ao computador. O tempo acaba por ser destinado quase em exclusividade para satisfazer necessidades narcísicas já que a outra pessoa fica excluída.

Ninguém tem dúvidas que isto tem consequências na relação entre pais e filhos. Mas, a relação entre o casal também fica atingida. Muitos casamentos acabam por definhar com o tempo, por que não há comunicação. O diálogo e a partilha são indispensáveis para que haja intimidade entre as pessoas. Há coisas que têm que ser ditas. Nalguns casos o silêncio pode ser corrosivo e devastador.

Um casal que atravessava uma grave crise conjugal apresentou-se ao médico para tentar fazer uma terapia de casal. Uma das queixas apresentadas pela mulher era que estava casada há trinta anos e o marido nunca lhe tinha dito, durante aquele tempo, que a amava. Por isso, ela sentia-se profundamente infeliz e insegura. O marido com alguma indiferença respondeu - Disse-lhe que a amava no dia do casamento, como não mudei de ideias, não vejo a necessidade de me repetir.

Prescrição médica: «Uma noite por semana à luz da vela».

 

Pedro Afonso, psiquiatra
publicado por SoniaGuerreiro às 18:59
tags:

Épa, já ultrapassei as 20 000 visitas!
Obrigado a TODOS!
publicado por SoniaGuerreiro às 18:54
tags:

Segunda-feira foi um dia de emoções!
7 da manha, toca a levantar! A Gabriela acordou ansiosa para ir para a escola, lá fomos os três, com tudo o que a professora tinha pedido, na sexta (sexta foi a apresentação).
Livros, cadernos, pastas, caixas, tudo.... uma infinidade de coisas!!!
Chegamos cedo, eram 8.30h já lá estávamos , depressa se reuniram ali dezenas de pais e alunos! Todos eufóricos para o primeiro grande dia.
Quando a professora chegou, entramos atrás dela e dirigimo-nos para a sala.
Bom, escusado será dizer que havia um ou outro que chorava, mas a Gabriela portou-se lindamente!
Neste dia foi o pai buscá-la, como estava de folga, depois á tarde ficou também bem, não quer é saber do almoço, mas pronto, acho que horas das refeições ainda estão um pouco descontroladas mas com o tempo vamos lá!
Uma semana já se passou e ela tem adorado, tem gostado de tudo! Ainda bem! Até já tiveram direito a passeio de rua, foram visitar As Palavras Andarilhas!
As actividades extracurriculares ainda não começaram, só em meados de Outubro, ai vai ficar com o horário mais preenchido.
Uma amiga, mãe de uma menina que também anda lá na escola, convidou-me para fazer parte da Associação de Pais, tenho que ver bem, se aceito ou não!

Um á parte, estou muito feliz com a entrada da minha filhota na escola, e ainda fico mais porque ela está a gostar e fica bem todos os dias!


publicado por SoniaGuerreiro às 17:40

21
Set 07

Beja continua "transformada" na cidade dos contos. A Praça da República está a receber até domingo as "Palavras Andarilha".

As “Palavras Andarilhas” continuam a animar a cidade de Beja. Esta iniciativa que conta já com nove anos de realização conseguiu expandir-se de tal forma que, neste momento, envolve bibliotecas de todo o país, contadores e especialistas em promoção da leitura dos quatro cantos do mundo.

Este ano, as “Palavras Andarilhas”, que estão a decorrer na Praça da República, têm para “oferecer”, para além, da feira do livro, o encontro de aprendizes do contar, o festival da narração e a estafeta de contos.

Nesta edição a organização, Câmara Municipal e Associação para a Defesa do Património da Região de Beja, pretende envolver todos, desde as escolas aos estabelecimentos comerciais, num projecto que quer transformar Beja na cidade dos contos.
In Rádio Voz da Planicie
publicado por SoniaGuerreiro às 09:48

Celebra-se hoje o “Dia Internacional da Paz”.  O Conselho Português para a Paz e Cooperação assinala esta data e apela aos portugueses que se unam a favor de um mundo pacífico e solidário.

O dia 21 de Setembro foi proclamado pela Assembleia-Geral das Nações Unidas, como Dia Internacional da Paz.

O Conselho Português para a Paz e Cooperação (CPPC) assinala esta data e apela aos portugueses que se unam a favor de um mundo pacífico e solidário e ao Governo que adopte uma política de Paz e respeito pelo direito internacional e pelos princípios da Carta das Nações Unidas.

Neste dia, o CPPC salienta a desumana e irresponsável corrida aos armamentos desencadeada com a militarização da Europa e a extensão europeia do sistema anti-míssil dos EUA. Na sua opinião, estes sistemas de pretensa defesa só aumentarão o perigo de conflitos e guerras.
In Rádio Voz da Planicie
publicado por SoniaGuerreiro às 09:44
tags: ,

Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

16
17
19
20

23
26
27
28
29

30


subscrever feeds
Email
ainosccguerreiro@sapo.pt
mais sobre mim
Visitas
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO