14
Mar 07

Não se deve acreditar em boatos. Nem nos mais ingénuos. Muito menos encorajá-los. Lembre-se sempre de que quem comenta boatos é um pombo correio que leva e traz. O que ele estiver a dizer sobre o ausente Beltrano, provavelmente dirá a seu respeito mal vire as costas: “as costas dos outros são o nosso espelho”. Corte habilmente o assunto ou retire-se sem muito alarde.

Para que seja eficaz e nunca se esqueça que pode estar diante de boatos e falsas informações, aplique no seu dia-a-dia simples axiomas e dispositvos.

Axioma nº 1 – Não acredite! Este é o primeiro dispositivo para neutralizar os boatos.

Dispositivo nº 2 – Não passe adiante nenhuma observação 1que mencione o nome de alguém. Se o comentário tiver nome, morre ali.


Dispositivo nº 3 – Quando tiver alguma coisa a dizer, não mande recados; fale directamente com a pessoa interessada ou em questão.

Dispositivo nº 4 – Tenha confiança em que os seus amigos e companheiros cumprem o dispositivo 3!

Dispositivo nº 5 – Em caso de dúvidas sobre o poder, em alguns casos destrutivo, do que parece ser um simples boato, faça o exercício usado na antiguidade e que chegou até aos nossos dias com o nome “telefone sem fio”. Este consiste em formar um círculo de pessoas e passar uma frase à primeira para que ela passe adiante, e assim sucessivamente até que chegue ao último do círculo. As distorções são tão grandes e absurdas que fazem-nos compreender como surgem os falsos rumores. Ao mesmo tempo, vacinam as pessoas mais inteligentes para que não acreditem no que possam ouvir, seja lá de quem vier a notícias, até mesmo das pessoas mais credíveis.

No entanto, o boato, sendo uma energia poderosa, pode ser canalizado para fins construtivos. Aprende-se nas artes marciais do Oriente a não opor resistência directa ao ataque no inimigo, mas sim, aproveitar a força dele para levá-lo ao chão. Com o boato o princípio é o mesmo.

Quando ouvir algum boato sobre uma pessoa amiga, colega de trabalho, o seu Mestre, o seu tipo de Yoga, não se acanhe e defenda aquilo de que gosta e em que acredita

 

publicado por SoniaGuerreiro às 16:32
tags:

comentário:
verdade, verdadinha..já fiz isso do telefone sem fio, numa formação...a cnversa do 1º n batia certo com a do ultimo...
isa a 14 de Março de 2007 às 16:40

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30
31


Email
ainosccguerreiro@sapo.pt
mais sobre mim
Visitas
blogs SAPO