14
Jun 07

Dicas e truques práticos que facilitarão o seu dia-a-dia

Veja como enriquecer, combater o stress no trabalho, pendurar um quadro, identificar sushi ou manejar um berbequim eléctrico em três tempos

RELAXAR
Afaste o stress no trabalho
Exercícios muito simples que a ajudarão a alcançar o final do dia em paz

Respiração
Inspire e expire muito lentamente, sentindo a ansiedade a abandonar o seu corpo como se tivesse asas. Vá controlando a sua respiração até que o ritmo tenha normalizado. Pode também tentar este exercício de yoga aconselhado no manual Gestão para Totós: «inspire por uma narina, enquanto fecha a outra narina com um dedo. Contenha a respiração enquanto conta até oito e depois expire pela outra narina enquanto conta até quatro. Em seguida, inverta o processo começando com a outra narina e repita o exercício quatro vezes».

Relaxamento progressivo
Sentada, concentre-se em contrair os músculos dos pés, deixando-os depois descontrair. Vá subindo de zona, contraindo e descontraindo a barriga das pernas, o estômago, os braços e as mãos, até chegar à cabeça. Contraia e descontraia o corpo todo, muito lentamente. E agora, sente-se mais relaxada?

Pensamentos positivos
Valorize aquilo que correu bem no seu dia e repita-o para si própria, primeiro mentalmente e, depois, em voz alta. Quanto mais positiva for, menor será o terreno que o stress conseguirá ganhar.

Folga mental
Não é fácil, nós sabemos – principalmente se se está a debater com problemas infernais. Mas vale a pena tentar: deixe a sua imaginação vaguear e visualize-se muito longe, sem trabalho e com muito sol. Volte à realidade com um bronzeado imaginário que a fará sentir-se mais bonita, relaxada e confiante.

EM CASA
A ciência de emoldurar um quadro (para principiantes)
Não é tão fácil como pensa. Por isso, agarre estes truques

  • Estilo A moldura da obra não pode ofuscá-la ou ser de um género completamente diferente desta. Só em casos muito raros é que combinações arriscadas funcionam bem.
  • Passe-partout Faz a «ponte» entre o «quadro» e a moldura, dando-lhe perspectiva. Se quiser dar destaque aos tons utilizados na obra, opte por um passe-partout de cor clara.
  • Vidro Opte por vidros anti-reflexo.
  • Perspectiva Se a obra não tiver perspectiva, escolha uma moldura que seja mais «cheia» e côncava.
  • Cor da moldura Para pinturas ou fotografias de cores frias, escolha molduras de tons semelhantes ou prateadas; se, pelo contrário, as cores forem quentes, procure molduras igualmente de tons quentes.
  • Colocação Não se ponha a pendurar quadros à toa ou a pregar pregos na parede com uma bota. Leia já a seguir como deve trabalhar com um berbequim. Só depois disso é que se aventure a colocar o quadro na parede.

     

MÃOS À OBRA
Manejar um berbequim eléctrico
Quem disse que furar uma parede tem de ser um trabalho de homem?

  • Opte por um berbequim sem fios, recarregável, que lhe permite uma maior liberdade de movimentos.
  • Antes de começar a trabalhar com o berbequim, marque, com um furador próprio, a localização desejada na parede ou superfície que vai perfurar, para que a broca não deslize.
  • Para que consiga controlar a profundidade do orifício, enrole um pedaço de adesivo à volta da broca.
  • Utilize sempre óculos e luvas de protecção quando executa trabalhos com o berbequim, mesmo que se trate de um simples furo que demore cerca de um minuto a fazer. Todos os cuidados são poucos!
  • Ligue o aparelho e posicione-o no local previamente marcado, mantendo-o no eixo do furo. Quando o adesivo tocar na superfície, retire-o. Deixe a broca arrefecer – só depois de desligar o berbequim é que a pode retirar com segurança.

     

JANTAR FORA
Tudo sobre sushi
Leve esta cábula quando for a um restaurante japonês para saber o que escolher.

  • Sushi Termo que designa um prato japonês à base de arroz temperado com vinagre. Os recheios, coberturas e condimentos é que variam, assim como a maneira como são apresentados.
  • Makizushi Com a ajuda de uma pequena esteira enrolável de bambu, uma folha de alga marinha (nori) envolve o arroz e o recheio, formando um pequeno cilindro.
  • Hosomaki O cilindro é fino e pequeno e, geralmente, a folha de alga marinha apenas envolve um recheio.
  • Kappamaki O recheio consiste apenas em pepino cortado às tirinhas, embrulhado em nori.
  • Tekkamaki O recheio é de atum.
  • Temaki O pedaço envolvido pela alga nori tem o formato de cone e os ingredientes são colocados até ao cimo deste. Normalmente é comido com a ajuda dos dedos.
  • Futomaki O recheio é composto por vários tipos de peixe, raízes e folhas. Os cilindros são grandes.
  • Uramaki Neste caso o recheio fica no centro e é coberto pela folha de alga marinha, colocando-se depois uma camada de arroz e cobrindo-se com outro ingrediente.
  • Inarizushi Uma bolsinha confeccionada com tofu frito, uma omelete fina ou folhas de repolho e recheada com arroz de sushi e outros ingredientes.

     

ENRIQUECER À FORÇA
Quer ser rica? Então, faça como eles!
Os milionários da vida real contam-nos os segredos do seu sucesso:

  • Ter avós ou pais ricos (nesse caso pode ignorar tudo o que se segue).
  • Estudar bem a matéria: leia a biografia de pessoas bem-sucedidas e vá anotando num caderninho os seus truques. Mergulhe em livros, cursos e conferências de marketing.
  • Mentalizar-se que vai ter de trabalhar dia e noite e não usufruir de férias – pelo menos até estar mesmo rica. Se esta constatação a fez desistir de querer ser milionária, não precisa de ler a alínea c).
  • Visitar lugares onde os «ricos» sejam habitués. Desperte a sua veia artística e tente agir e pensar como se fosse um deles.
  • Em voz alta, repetir em frente ao espelho: «Eu vou ser rica.»
  • É aconselhável que saia da sua «zona de conforto». Quanto menos riscos correr, mais oportunidades perde.
  • A regra-chave dos milionários é, antes de mais, acumularem dinheiro de modo a conseguirem concretizar os seus objectivos. Só depois é que o gastam! Por isso, não viva acima das suas possibilidades nem se endivide.
  • Eleja um/a guru rico/a e absorva os seus ensinamentos como se fosse uma esponja.
  • Depois de traçar o seu plano de ascensão financeira, ponha-o por escrito. Isso vai impedi-la de se tentar esquecer daquilo que projectou e força-a a passar à prática.

In Sapo Mulher

     

publicado por SoniaGuerreiro às 14:56
tags:

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11

17
19
20
21
23

24
26
28
30


Email
ainosccguerreiro@sapo.pt
mais sobre mim
Visitas
blogs SAPO