15
Jul 07

Sabia que o pão já existia 10.000 anos antes do nascimento de Cristo? E que já se faziam pipocas 3.600 anos antes do início da nossa Era? Ou ainda que os hambúrgueres já se comiam no século XIV? O Comezainas preparou para si uma viagem através do tempo, em que mostra a história dos alimentos até aos anos 60 do século XX. Venha saber mais sobre a origem dos alimentos que, a cada dia, entram na sua dieta alimentar. E, depois de tanta fartura, nada como o bom Alka-Seltzer de 1931, não lhe parece?

Introdução

Todos necessitam de combustível para sobreviver, mas os seres humanos são os únicos seres vivos que aliam os gostos às simples necessidades nutricionais. Embora todos os animais se alimentem, apenas o Homem cozinha os alimentos. Deste modo, a culinária transforma-se num símbolo da nossa humanidade, algo que nos distingue do resto dos elementos da natureza.

A alimentação transformou-se rapidamente num dos muitos rituais comuns aos seres humanos, variando de cultura para cultura, mas assumindo, quase sempre, uma actividade de grupo.

O Homem, enquanto elemento do ecossistema, necessita de comida, e os seus hábitos alimentares variam em função do que o meio que o rodeia lhe pode oferecer. Contudo, também os seres humanos foram determinantes na evolução dos alimentos, seja pela selecção e domesticação de espécies animais e vegetais, seja pelo desenvolvimento de todos os métodos e instrumentos necessários à sua transformação para a dieta humana. O culminar de todo este processo é, sem dúvida, a proliferação dos alimentos transgénicos e a crescente uniformização dos hábitos alimentares dos povos.

Antes da Era Cristã

10.000 a.C. – Primórdios da Agricultura; cultivo de cereais e fabrico rudimentar de pão; sal, peixe e arroz já são usados na alimentação;

8.000 a.C. – lentilhas;

7.000 a.C. – feijões;

6.500 a.C. – Domesticação generalizada do gado, embora já existisse gado caprino e porcino doméstico desde 9.000 a.C. e 7.000 a.C. respectivamente;

6.000 a.C. – queijo e milho;

5.500 a.C. – mel e açúcar de cana;

5.000 a.C. – azeite e abóboras;

4.000 a.C. – uvas, laranjas e melancias;

3.600 a.C. – pipocas;

3.200 a.C. – domesticação das galinhas;

3.000 a.C. – sopa, cevada, cenouras, ervilhas, favas, cebolas, pimenta;

2.800 a.C. – rebentos de soja;

2.700 a.C. – chá;

2.600 a.C. – cogumelos;

2.500 a.C. – batatas;

2.000 a.C. – alfarroba;

1.500 a.C. – amendoim e chocolate;

1.000 a.C. – pepino e pickles;

900 a.C. – tomates verdes;

600 a.C. – couves;

500 a.C. – salsichas e alcachofras;

400 a.C. – pasta e beterraba;

300 a.C. – bananas;

200 a.C. – espargos;

65 a.C. – marmelos.

Depois de Cristo

100 d.C. – mostarda, pudins, morangos, alcaparras, nabos, gelado;

200 d.C. – sushi;

600 d.C. – beringela;

700 d.C. – espinafres

900 d.C. – bacalhau;

1.000 d.C. – nêsperas;

1.300 d.C. – introdução do açúcar em Inglaterra, a partir do Médio Oriente; hambúrgueres e waffles;

1.500 d.C. – agrião e panquecas; lagosta, perú, abacate (entre outros) começam a ser trazidos do Novo Mundo para a Europa;

1484 d.C. – cachorro quente;

1493 d.C. – introdução de ananás na Europa;

1517 d.C. – introdução de batata doce na Europa;

1529 d.C. - introdução de baunilha na Europa;

1544 d.C. - introdução de tomate na Europa;

1554 d.C. – queijo Camembert;

1615 d.C. – introdução de café na Europa;

1.800 d.C. – batatas fritas e bolachas de água e sal (crackers);

1747 d.C. – açúcar de beterraba;

1756 d.C. – maionese e molho tártaro;

1762 d.C. – sanduíches;

1765 d.C. – 1.º restaurante do mundo abre em Paris

1767 d.C. – água com gás;

1819 d.C. – spaghetti;

1830 d.C. – refrigerantes;

1850 d.C. – marshmallows;

1856 d.C. – leite condensado;

1868 d.C. – molho Tabasco;

1869 d.C. – sopa enlatada Campbell;

1870 d.C. – margarina;

1876 d.C. – Heinz Ketchup;

1886 d.C. – Coca-Cola;

1889 d.C. – Pizza (como a conhecemos hoje em dia);

1890 d.C. – manteiga de amendoim e chá Lipton;

1896 d.C. – Chop Suey;

1906 d.C. – atum em lata;

1904 d.C. – banana split;

1905 d.C. – chupa-chupas;

1906 d.C. – Corn Flakes Kellogg’s;

1913 d.C. – Bolachas Oreo;

1917 d.C. – Donuts e Vichyssoise;

1924 d.C. – comida congelada;

1936 d.C. – barra de chocolate Mars;

1938 d.C. – Nescafé (1.º café solúvel instantâneo);

1941 d.C. – M&Ms;

1955 d.C. – 1.º Restaurante MacDonald’s;

1959 d.C. – gelado Haagen-Dazs;

publicado por SoniaGuerreiro às 22:36

Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13
14

19
21

25
27
28

29
31


Email
ainosccguerreiro@sapo.pt
mais sobre mim
Visitas
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO