06
Nov 07
Parece ser uma aliada mas, nas suas costas, é mais traiçoeira que o primeiro amor do seu marido. Sorrisos para ali e ordens para acolá, esta pode ser a sua Sogra de Estimação.

As sogras são um verdadeiro problema para muitos casais, mas existem outras que conseguem viver em plena harmonia com filho e a respectiva companheira. Ainda que se assista a esta escassa realidade, o papel da sogra nos dias de hoje é de uma pessoa intrometida e que muito dificilmente aceita a total independência do filho. Motivo: puro ciúme!

Nos dias que correm ouve-se, em diversas situações, homens/mulheres a falarem das suas sogras. Normalmente, a opinião é unânime - só causam problemas ao casal. Esta ideia de que a sogra é uma chata, intrometida, que exige as coisas feitas à sua maneira num espaço que não lhe pertence, está relacionada com a questão da independência. O filho já homem casa-se e segue o seu destino, mas para as mães estes precisam sempre delas e jamais conseguirão sobreviver sem as suas opiniões ou longe do amor materno.

Por isso, e movidas pelo ciúme, há sogras que passam a maior parte do tempo em casa dos seus filhos, arrumando-lhes a casa à sua maneira e tomando conta do lar, segundo os seus gostos e desejos, sem tão pouco se importarem com a privacidade do casal. No fundo, acabam por sentir ciúme das suas noras, pois agora quem lhes engoma a roupa são elas, quem lhes serve a refeição são elas, e é a elas que dedicam todo o seu tempo quando chegam do trabalho. Este ciúme é compreensível, desde que não ultrapasse os padrões da normalidade e do entendimento.

Uma sogra normal e, dedicada moderadamente ao seu filho, jamais critica a sua nora em frente a ele ou a coloca contra este. A sogra deve ter a noção que aquela é a futura mãe dos seus netos e que, por isso, pode esboçar as suas opiniões, mas nunca exigir que o casal as siga só porque ela assim o entende. A vida do casal é um mundo alheio ao da sogra, e esta nunca se deve intrometer nos problemas deles ou tomar partidos desnecessários.

Outro problema muito comum, é o facto de as sogras apreciarem bastante dar conselhos, quase em tom de ordem, na conduta correcta para a educação dos seus netos. É preciso que se apercebam que podem dar conselhos, mas nunca interferir na educação dos mesmos. Como as sogras já tiveram o seu tempo de educadoras, chegou agora a vez dos seus filhos também o fazerem. Perceber o significado da palavra independência é uma regra fulcral e que, infelizmente, nem todas as sogras compreendem o sinónimo.

Todavia, existem sogras que são quase como que uma mãe para as suas noras. Ambas dão-se bem e há mesmo um laço de cumplicidade e de carinho muito próximo. Esta relação só é possivel acontecer, caso a sogra e a nora tenham feitios semelhantes e equilibrados. Convém não esquecer que os atritos com a sogra, partem também muitas das vezes dos feitios das noras. Deve saber criar-se uma relação longe de conflitos e baseada na cumplicidade, mas só se ambas fizerem por isso.

Se a sua sogra é uma daquelas que gosta de interferir em tudo, tente falar com ela e explicar-lhe a situação ou então peça ao seu companheiro para o fazer. Se é dos tais casos em que a sogra é uma das suas melhores amigas, conserve sempre essa relação. Em qualquer dos casos lute por um melhor relacionamento, pois quer queira, quer não, essa é a sua Sogra de Estimação!


 

_______________==______________

Eu, felizmente, não me posso queixar da minha, é muito minha amiga! Ainda bem!!!

publicado por SoniaGuerreiro às 16:27
tags:

comentário:
A minha tb é um amor...beijos
Isa a 6 de Novembro de 2007 às 21:45

Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
16
17

18
22
24

25
26
29
30


Email
ainosccguerreiro@sapo.pt
mais sobre mim
Visitas
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO