12
Out 07
ADVOGADO: - O processo vai andar rapidamente

VENDEDOR: - Se houver algum problema, volte cá que eu troco..
ANFITRIÃO: - Já te vais embora? Ainda é cedo!
ANIVERSARIANTE: - Um presente? A tua presença é mais importante...
BÊBADO: - Sei perfeitamente o que estou a dizer.
CASAL SEM FILHOS: - Venham quando quiserem; adoramos os vossos filhos.
AGENTE IMOBILIÁRIO: - E em seis meses vão colocar as infra-estruturas para a Luz e telefone.
CHEFE DE POLÍCIA: - Vamos tomar as devidas providências.
DENTISTA: - Não vai doer nada.
DESILUDIDA: - Nunca mais quero saber de nenhum homem.
DEVEDOR: - Amanhã, sem falta!
FILHA DE 19 ANOS: - Dormi em casa de uma colega.
FILHO DE 19 ANOS: - Volto antes da meia noite.
GERENTE BANCÁRIO: - Trabalhamos com as taxas mais baixas do mercado.
MÉDICO: - Depois de umas sessões de quimioterapia, vai-se sentir uma adolescente.
NAMORADA: - Para dizer a verdade, eu nem beijar sei...
NAMORADO: - Foste a única mulher que eu realmente amei...
NOIVO: - Casaremos o mais breve possível!
ORADOR: - Apenas duas palavras...
RECÉM-CASADO: - Até que a morte nos separe.
VENDEDOR DE SAPATOS: - Depois alarga no pé.
SOGRA: - Entre marido e mulher eu não meto a colher.
TOXICODEPENDENTE: - Esta vai ser a última.

publicado por SoniaGuerreiro às 11:20
tags:

O que é uma perturbação bipolar? A perturbação bipolar é, vulgarmente, designada como uma perturbação maníaco-depressiva. No sentido lato, trata-se de uma doença que se manifesta através de alterações opostas do estado de humor. Ou seja, a perturbação bipolar é uma complexa doença mental, caracterizada por diferentes estados de humor que alternam entre a euforia e a depressão, intervalando com períodos normais e de relativa estabilidade. Devido à sua imprevisível natureza, a perturbação bipolar tem um impacto significativo nos doentes e na vida dos seus familiares. Estima-se que entre 25% a 50% dos doentes com perturbação bipolar tentam o suicídio, sendo que em 10% a 20% as tentativas são bem sucedidas. Esta é uma das taxas mais elevadas no âmbito das perturbações do foro psiquiátrico.
Quem são os mais afectados pela perturbação bipolar?

A perturbação bipolar é uma doença crónica que afecta entre 1,3% e 1,6% da população mundial, sendo mulheres e homens igualmente afectados. Na maior parte dos casos, a doença é diagnosticada entre o grupo dos jovens adultos.



Quais as causas da perturbação bipolar?

Os doentes com perturbação bipolar aparentam falta de estabilidade na transmissão dos impulsos nervosos ao cérebro, tornando-se, por isso, mais vulneráveis ao stress emocional e psíquico.

Além do mais, experiências e vivências com stress e doenças do foro psíquico podem conduzir à perturbação bipolar, sendo que algumas pessoas consideram que certos eventos ou situações podem culminar numa situação de doença bipolar.

Os estudos sobre a doença parecem inclinar-se também para a possibilidade de existir uma componente genética na ocorrência da perturbação bipolar: um estudo revela que 13% das pessoas com perturbação podem tornar-se bipolares.



Como diagnosticar a doença bipolar?

70% das pessoas com perturbação bipolar são mal diagnosticadas. Por outro lado, há doentes que têm sintomas durante cerca de 10 anos até serem correctamente diagnosticados. Diagnosticar uma perturbação bipolar pode ser muito difícil por diversas razões. Ou porque muitas pessoas recusam procurar ajuda, deixando agravar os sintomas, ou porque muitos relatam um episódio único da doença sem considerar alterações de humor prévias.

Neste contexto, os doentes podem ser mal diagnosticados e ficarem sujeitos a tratamentos inadequados, o que pode resultar no agravamento dos sintomas e, consequentemente, noutras tantas alterações do humor.



O que é um episódio de mania? Quais os sintomas?

Mania é um período anormal e persistentemente elevado de um estado de humor expansivo ou irritável. É quase sempre acompanhado por uma percepção irreal das capacidades humanas, aumento da capacidade sexual, alucinações e abuso de álcool e drogas. É comum o doente com estes sintomas lidar com hospitalizações e problemas familiares e, em alguns casos, falências ou prisão. Eis alguns sintomas:
- Estado de euforia, optimismo exacerbado e auto-confiança;
- Decréscimo na necessidade de dormir sem sentimento de fadiga;
- Grandes desilusões, sentido inflaccionário da importância das coisas;
- Excessiva irritação, comportamento agressivo;
- Aumento das capacidades físicas e mentais;
- Discurso rápido, ideias irreflectidas, impulsividade;
- Raciocínio pobre, distracção;
-Comportamentos irreflectidos, tais como embriaguez, decisões de negócio desastrosas, condução imprudente e leviandade sexual;
- Nos casos mais graves, alucinações.



Quais são os sintomas de um episódio depressivo?

Existem vários sintomas:
- Prolongada tristeza ou inexplicáveis momentos de choro;
- Significantes mudanças nos padrões de apetite e padrões de sono;
- Irritabilidade, fúria, preocupação, agitação, ansiedade;
- Pessimismo, indiferença;
- Perda de energia, apatia persistente;
- Sentimento de culpa, demérito;
- Incapacidade de concentração, indecisão;
- Incapacidade de retirar prazer das actividades diárias;
- Inexplicáveis dores e sofrimento;
- Frequentes pensamentos sobre morte e suicídio.


Fonte: Pharmaedia
publicado por SoniaGuerreiro às 11:07
tags:

O município de Beja entrega segunda-feira as Chaves da Cidade aos Príncipes das Astúrias, D. Felipe e D. Letizia, as primeiras individualidades estrangeiras a serem agraciadas com aquele alto galardão municipal.
A entrega das chaves vai decorrer durante uma visita daqueles elementos da Casa Real espanhola ao Alentejo, a convite e acompanhados pelo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, que inclui a passagem por Beja e uma deslocação a Alqueva.
Em Beja, após uma visita, a partir das 12:00, à Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, um dos mais belos templos barrocos do Sul de Portugal e que alberga o Museu Episcopal, os Príncipes das Astúrias são recebidos, meia hora depois, nos Paços do Concelho, para uma cerimónia em que lhes serão entregues as Chaves da Cidade.
"Trata-se de um gesto simbólico para assinalar e agradecer a visita ilustre dos Príncipes das Astúrias", disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal de Beja, Francisco Santos.
De acordo com a autarquia, esta é a terceira vez que o município de Beja atribui as Chaves da Cidade, anteriormente entregues, em 1843, à rainha D. Maria II, e, em 1987, ao então Presidente da República, Mário soares.
Apenas titulares de órgãos de soberania nacionais e estrangeiros, diplomatas estrangeiros ou personalidades nacionais de relevo podem ser agraciadas com as Chaves da Cidade de Beja, segundo o município.
Após um almoço privado, ainda em Beja, Cavaco Silva, D. Felipe e D. Letizia seguem para Alqueva, onde, às 16:00, presidem, em pleno coroamento da barragem alentejana, à entrega do prémio internacional "Puente de Alcántara" ao aproveitamento hidroeléctrico do empreendimento.
O prémio, instituído pela Fundación San Benito de Alcántara (Cáceres, Espanha), destina-se a premiar as melhores obras públicas espanholas, portuguesas e ibero-americanas.
O júri do concurso, presidido pelo Infante D. Carlos de Borbón, decidiu atribuir o prémio ao aproveitamento hidroeléctrico de Alqueva por considerar tratar-se de uma obra que está "integrada harmonicamente na paisagem".
Por outro lado, destaca o júri, ao criar o maior lago artificial da Europa, Alqueva irá contribuir de forma decisiva para a melhoria socio-económica da região e para o desenvolvimento energético de Portugal.
O júri assinala ainda a contribuição do projecto para a recuperação do acervo arqueológico da região.
Alqueva recebeu o prémio juntamente com o aproveitamento hidroeléctrico de Carauchi, na Venezuela.
Além da entrega do prémio, a cerimónia de segunda-feira inclui a inauguração de um Memorial representativo de Alqueva, nas vertentes de projecto, obra, território e objectivos, e uma homenagem a todos os que tornaram possível a obra.
A entrega do prémio ao empreendimento português foi já hoje criticada pela Associação para a Defesa da Natureza da Estremadura (ADENEX), uma organização ambiental espanhola, por considerar que premeia uma obra que foi "um dos maiores ataques à conservação da natureza na Europa".

In Correio do Alentejo
publicado por SoniaGuerreiro às 10:30

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
16

21
22
23
26
27

28
29


subscrever feeds
Email
ainosccguerreiro@sapo.pt
mais sobre mim
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO